terça-feira, 24 de Novembro de 2009

Testemunho recebido em prostatite@sapo.pt

Recebi mais um contributo do amigo Jorge Carvalho com o seu testemunho sobre a prostatite. Agradecemos que todos que os leitores do blog participem com o seu comentário.

Amigos
Numa busca pela internet descobri esse blog que pode ajudar muito a quem sofre deste mal terrível chamado Prostatite. Descobri a doença há cerca de 6 meses quando tive uma dor insuportável nas costas e fui correndo ao médico. Depois de um pequeno papo foi diagnosticado "crise renal" e um Buscopan na veia, minutos depois eu tava novinho. Pensei!! Que médico espetacular!!! Me enganei. Logo dias depois a dor voltou, agora indo do pênis, testículos, púbis até as costas, uma dor insuportável. Depois de consultar 6 médicos, 3 clinicos, 2 urologistas e 1 proctologista, dei sorte e encontrei um urologista que já tinha tido a tal Prostatite. O diagnóstico feito com toque retal que dói pra caramba foi imediato. Sua próstata tá quente, é prost... Saí dali pensando! Umas boas doses de antibióticos, anti-inflamatórios e pronto. Enganei-me!! Há 6 meses tenho crises entre 3 e 4 dias com dores filhas da p...., desculpe o termo mas foi o melhor que encontrei. J´a gastei uma grana em remédios e dor aparece sem menos esperar. Estou indo para o terceiro antibiótico, quem sabe melhoro um pouco. Feriadão na sexta, quero dar uma viajada mas tudo que faço fico com medo de vir a crise e acabar com meu FDS. Espero aqui poder trocar informeções com pessoas afetadas por este mesmo problema. Um grande abraço a todos.

Jorge Carvalho

quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Testemunho de um caso de Sucesso

Amigos, é com muito agrado que coloco no Blog, um testemunho de um leitor que é um caso de sucesso na luta que trava com a prostatite. Fico radiante e reconfortado pois aqui está a prova de que é possível ganhar a batalha contra este mal.

"Meu nome é Aldo e eu também sou um portador da horripilante prostatite esta m..... é uma........ mesmo !!! não tem outro nome pra ela . Bom venho aqui para falar como eu estou me tratando . Eu fui ao urologista com as dores e desconfortos e tal então constatou q era inflamação da prostata ai me deu para tomar proflox 500g e um remédio para dor q é normal mas não tinha resultado nenhum ! Ai lembrei o que o medico tinha me dito q a próstata é um órgão muito ruim de curar que ele tem uma defesa muito boa porque o remédio é muito difícil de penetrar na próstata e tudo mais que acho que vocês já sabem , ai lembrei também que o medico tinha me dito que o remédio não entra direito na próstata porque ela não é muito vascularizada não circula tanto sangue nela . Então o que fiz tomava o remédio e depois de 1 hora ia caminhar para ter uma melhor circulação de sangue no corpo e o incrível esta melhorando os sintomas estou muito feliz os sintomas nem me aflige mais estou quase 100% viuuuu mas não e somente andar é andar pra caramba ate suar a já parei de tomar os remédios q tomei por muito tempo e estou óptimo .GENTE O NEGOCIO E O SEGUINTE TOMAR OS REMÉDIOS QUE O MEDICO PRESCREVEU E FAZER GINÁSTICA PARA ACTIVAR A VASCULARIZAÇAO DA PRÓSTATA ASSIM O REMÉDIO CIRCULA POR ELA COM MAIS FACILIDADE. FAÇAM ISSO E VERÃO MELHORIAS BOA NOITE A TODOS FIQUEM COM DEUS."

Mensagem enviada por um leitor

Recebemos no Blog, um comentário de um anónimo que quis também dar o seu contributo, com o seu testemunho pessoal, sobre esta doença.


"Caro Pedro e demais colegas de sofrimento,Parabéns pelo blog é reconfortante poder dialogar com outras pessoas que possuem sintomas semelhantes aos nossos.Eu sofro com esse problema há pouco mais de um ano. No início a impressão é que havia um certo desconforto no ânus, tanto é que consultei um proctologista que nada constatou.Posteriormente meu urologista solicitou uma série de exames que não apontaram qualquer problema. Fiz uma ressonância que não apresentou qualquer anormalidade e uma ultrassonografia intraretal e nada apareceu. Exames de PSA, espermograma, urina e nada.O urologista diagnosticou prostatodínia que é um diagnóstico de exclusão. Receitou vibramicina. Estou tomando há uma semana, mas até agora não fez qualquer efeito.A dor é muito incômoda, basicamente na região do perineo, principalmente quando estou sentado. Meus sintomas são muito parecidos com estes, relatados no blog."

terça-feira, 11 de Agosto de 2009

Pedido de ajuda de um leitor

Recebi como comentário a um post o seguinte texto. Vamos ajudar este nosso amigo que, como todos nós, padece deste problema:
Senhores
Também tenho passado por esta tortura ha aproximadamente 1 ano, inicialmente tive uma infecção pro Clamidia, que aparentemente não cessava nem com Azitromicina nem com Ciprofloxacina.Tomei alguns antibioticos e cheguei a pensar que estava com o sistema imunologico comprometido.Depois disso, fui internado com reação a Ciprofloxacina e fiz mais alguns exames que não apontavam mais nenhuma infecção nem algo mais grave.O segundo Urologista que consultei viu meus exames e me disse que tudo era "PSICOLÓGICO" .Depois disso fui a outro médico que me diagnosticou como Prostatodínia, ou seja, inflamação não bacteriana da próstata.Começei o tratamento com mesilato de doxasozina ( Unoprost 2 Mg ) e Bactrim-F com uma relativa melhora, porém com 2 meses tive uma recaída.A seguir o médico alterou o antibiótico para um derivado do Ciprofloxacino e também adicionou um medicamento controlado que é o Tryptanol ( Cloridrato de amitripilina ) que funciona como anti-depressivo e segundo o médico ajuda a resolver as trocas quimicas que controlam o sentido da dor na prostata e região.Também descobri que o antibiotico que melhor funciona no meu caso é a Vibramicina 100 Mg.Estou tendo periodos de melhora e recaidas, pois as vezes paro com algum medicamento.Estou melhorando de uma crise de duas semanas e o regime de medicamentos atual é Vibramicina + Unoprost + Tryptanol a noite.Gostaria de saber se alguem já se tratou de forma parecida e quais os resultados.